Blog Segunda Leitura

all that is solid melts into air…

Curitiba a Porto Alegre – dezembro de 2009

BR 116: caminho mais curto e odiado. Há praças de pedágio em construção, em Santa Catarina e no Paraná. A última de SC já está pronta, em Lages. Apesar de a pista ser simples, o trânsito é tranquilo em Santa Catarina. Há tráfego pesado, trechos urbanos e semáforos no Paraná, principalmente próximo de Curtitiba. Já do Rio das Antas (mais ou menos) em diante, na direção de Porto Alegre, o tráfego é pesado e há poucos trechos de ultrapassagem. Na grande Porto Alegre é duplicada. Perdi a conta dos pedágios no RS.

BR101: é mais longo o caminho. Não há queda de barreiras decorrentes das enchentes recentes. No RS não trafeguei (fui pela estrada do mar, a qual é tranquila mas tem 16 pardais). Em SC, entre Sombrio e Araranguá é um inferno de pista simples, acostamento precário e muitos (muitos mesmo) caminhões (eles evitam a BR116 devido aos pedágios). Daí em diante, prevalecem os trechos duplicados, mas atenção redobrada porque há obras. De Florianópolis a Curitiba a tranquilidade de sempre.

About these ads

30 dezembro 2008 - Posted by | Uncategorized | , ,

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: